quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Macrorregião Noroeste avança para onda menos restritiva do Minas Consciente

O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu, nesta quarta-feira (06/01), que a região Noroeste avançará para a onda verde do Minas Consciente, plano criado pelo Governo de Minas para retomada da economia de forma gradual e segura. Nesta etapa está autorizado o funcionamento dos serviços não essenciais com maior risco de contágio, como cinemas e bares com música ao vivo.

Também foi divulgado nesta quarta-feira (6), que a microrregião que o município de Patos de Minas faz parte, permanece mais uma semana, na onda menos restritiva do Minas Consciente.

Até esta quarta-feira (06), 662 cidades haviam aderido ao plano Minas Consciente, o que representa 77,6% do estado, totalizando 13,2 milhões de habitantes. 

Nas cidades com menos de 30 mil habitantes, 284 municípios tiveram incidência de 50 casos para 100 mil habitantes. Na semana passada, foram contabilizadas 288 cidades.

Comércio

O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu também que, passado o período das festividades de fim do ano, fica suspensa a flexibilização dada ao comércio em localidades inseridas na onda vermelha de funcionar aberto ao público.  

No entanto, qualquer atividade que possa ser realizada de forma remota, como ensino a distância, compras para retirada ou em formato delivery, sem fluxo e contato entre clientes, alunos e usuários, não está sendo alvo de qualquer restrição e não compõe qualquer uma das ondas, estando aptas para o consumo da população.

Essa questão também se aplica, por exemplo, aos comércios, para que possam funcionar com portas fechadas ou com restrição de entrada de clientes. Neste sentido, os clientes podem comprar remotamente (whatsapp ou telefone) e retirar os produtos na porta ou mesmo se apresentar na porta dos estabelecimentos, solicitar um produto, recebê-lo e voltar para casa com a compra.

Estão incluídas, também, atividades e eventos na modalidade de drive thru e drive-in, sem limitação de clientes/usuários. Estas diretrizes requerem, no entanto, a aplicação plena dos protocolos, principalmente, no tocante à segurança dos trabalhadores e no controle da área externa dos estabelecimentos.

 Onda verde

A região Noroeste avançou para a onda verde, unindo-se ao Triângulo do Sul, que apresentou índices favoráveis para permanência na fase mais flexível do Minas Consciente. É permitida a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio. São eles:

- Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;

- Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;

- Parques, zoológicos e jardins;

- Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;

- Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;

- Bares com entretenimento (shows e espetáculos);

- Serviços de colocação de piercings e tatuagens.

*Para avançar para a onda verde, as cidades precisam estar há 28 dias consecutivos na onda amarela, sem sofrer retrocessos durante esse período.

Fonte: Agência Minas / Com informações: ASCOM Prefeitura de Patos de Minas

Fonte da matéria: Clube Notícias

Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib