quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Sem repasse do Estado, Patos de Minas vai diminuir número de leitos dedicados à Covid-19

Patos de Minas terá o número de leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes com a Covid-19 reduzido a partir do final de novembro. O motivo da diminuição é a falta de repasse de verbas para manutenção dos leitos do Hospital de Campanha e do Hospital Regional Antônio Dias por parte do Governo de Minas Gerais.

O Município e a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), responsável pelo Hospital Regional, foram informados pela Superintendência Regional de Saúde de Patos de Minas. A TV Integração entrou em contato com os citados.

Município

Em entrevista ao MG1, o secretário de Saúde de Patos de Minas, Carlos Resende, afirmou que a Prefeitura ainda não recebeu ofício do governo do Estado sobre a interrupção dos repasses referentes ao Hospital de Campanha. Segundo ele, o anúncio foi feito por representantes da Superintendência Regional de Saúde durante videoconferência.

A unidade recebia do governo estadual orçamento para manutenção dos leitos, mas a partir deste mês, os recursos não serão mais repassados. Segundo Resende, o Estado enviou R$ 216 mil para manutenção do hospital, mas a verba não é suficiente para manter o local nem por uma semana.

“Nós vamos manter o Hospital de Campanha em funcionamento da mesma forma que estava, porém, a partir de agora, o atendimento será feito exclusivamente para a população de Patos de Minas”, afirmou o secretário.

Hospital Regional

Em nota, a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) confirmou que vai desativar leitos de enfermaria e reduzir o número de UTIs destinadas ao tratamento de pacientes com coronavírus, a pedido da Superintendência Regional de Saúde. No entanto, a Fhemig também informou que os leitos poderão ser reativados a qualquer momento, em caso de necessidade.

Estado

A TV Integração entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para saber o que motivou a decisão de interromper o repasse de verbas e qual unidade passará a ser referência para os casos da doença na cidade e região. A assessoria da SES-MG informou que apuraria a solicitação junto a área técnica, e não houve retorno até a última atualização da reportagem.

Estruturas

Anunciado em abril, o Hospital de Campanha de Patos de Minas funciona no Centro Clínico do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) e tem mais de 40 leitos divididos entre enfermaria e UTI. Apesar do anúncio ter sido feito no início da pandemia, a unidade só entrou em funcionamento em julho devido a problemas na contratação de profissionais, segundo a Prefeitura.

Já o Hospital Regional Antônio Dias teve 20 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 habilitados pelo Ministério da Saúde.

G1 Triângulo Mineiro – Paulo Barbosa.


Fonte da matéria: Clube Notícia

Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib