quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Dengue: Patos de Minas tem mais de 170 notificações e dois casos confirmados

Se em 2019 o município de Patos de Minas enfrentou a pior epidemia de dengue de sua história, vem a preocupação de que em 2020 o quadro de infecções se repita. Os levantamentos feitos pelo Programa Municipal de Combate a Dengue não são nada positivos, uma vez que o número de notificações para igual período, está maior que no ano anterior.
Em entrevista ao programa Mais Saúde da NTV nessa terça-feira (11), a coordenadora do PMCD, Daniele Cristine Nunes, acompanhada da agente de endemias, Suelene Oliveira, chamou a atenção para os riscos de uma nova epidemia. Segundo ela, em janeiro do ano passado foram registradas 37 notificações de dengue, enquanto que no mesmo mês deste ano, se contabilizou 144 casos notificados.
Ainda de acordo com Daniele Cristine, a atualização feita nesta segunda semana de fevereiro mostra que o problema só tem aumentado. Já são 176 casos notificados, ou 32 a mais em apenas 14 dias. Destes, dois estão confirmados para pessoas que contraíram a dengue. Mas o número de doentes deve ser ainda maior, já que as investigações laboratoriais seguem sendo realizadas para o restante das notificações.
O alerta é principalmente para os cuidados que a população deve ter nas próprias residências, como a limpeza de calhas, evitando o acumulo de água parada em recipientes, retirando resíduos dos quintais, que podem servir de criadouros para o Aedes aegypti, e também colaborar com as visitas dos agentes de endemias, que fazem o monitoramento da infestação e orientam sobre quais medidas os moradores devem tomar.
Fonte da matéria: Patos Já
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib