quinta-feira, 27 de junho de 2019

Projeto desenvolvido na Escola Municipal Norma Borges Beluco é classificado para a segunda etapa do Prêmio Arte na Escola Cidadã

O projeto Espaço Afro na Escola, de autoria da professora Eliane Alves Silva, foi selecionado para a segunda etapa do XIX Prêmio Arte na Escola Cidadã na categoria Educação Infantil. Esse prêmio é realizado pelo Instituto Arte na Escola e objetiva reconhecer os projetos que têm um evidente potencial de transformar a realidade escolar por meio dos alunos, dos cidadãos e das comunidades, dando a esses trabalhos visibilidade dentro e fora do contexto educacional. O concurso é destinado a professores que desenvolveram projetos em artes visuais, dança, música e/ou teatro em escolas de ensino regular, públicas ou particulares, de todo o território nacional.

Eliane Alves, docente da rede municipal de ensino de Patos de Minas desde 2008, desenvolveu seu projeto com alunos do 1º e do 2º períodos da escola Norma Borges, de março a maio de 2019, e contou com a efetiva participação de toda a comunidade escolar (alunos, pais, professoras, equipe diretiva e estagiários). Além disso, recebeu o auxílio de voluntárias que confeccionaram bonecas e bonecos exclusivos para esse trabalho. Embora a implementação do projeto tenha ocorrido até o final de maio, outras ações serão realizadas durante o ano e sua culminância se dará em novembro com o lançamento do livro infantil "A Caixa de Dandara".

Segundo a professora Eliane Alves, as atividades desenvolvidas foram motivadas pela necessidade de se lecionar levando em consideração o respeito à diversidade que há dentro do ambiente escolar. A docente destacou que, ao procurar favorecer o protagonismo do aluno, buscou uma metodologia que desse voz aos educandos e às suas famílias. Eliane afirmou ainda que o projeto proporcionou aos alunos a oportunidade de dialogar abertamente sobre si mesmos em rodas de conversa promovidas por ela. Por meio dessa interação, a professora destaca que os estudantes fizeram uma verdadeira descoberta sobre si mesmos, sobre sua memória e sobre o povo brasileiro. As atividades do projeto permitiram também um olhar diferenciado a respeito da história do nosso povo e da cultura afro-brasileira, sensibilizando os alunos em relação a si mesmos, à valorização de nossa cultura e à sua autovalorização.

Para Eliane, a transformação de seu fazer pedagógico, no que tange à questão da cultura afro-brasileira, adveio do trabalho realizado pela Diretoria de Igualdade Racial, Memória e Patrimônio Cultural (Dimep) bem como da participação no Curso de Formação Docente para as Relações Étnico-raciais (ERER/ UFU - Polo Patos de Minas). "Através da Maria Olímpia, conheci as lutas e as conquistas que vêm sendo alcançadas pela Diretoria de Igualdade Racial em nossa cidade. Se hoje tenho uma postura diferente, enquanto professora e mulher negra, agradeço àqueles que vieram antes, realizando um projeto muito maior e abrangente. Destaco o prazer de, nessas ocasiões, enquanto cursista, ter conhecido pessoas como o senhor José Antônio Ventura que é uma referência para todos nós. E sobretudo de ter participado do Curso de Formação Docente para as Relações Étnico-raciais que foi oferecido aos profissionais da educação pela prefeitura no ano de 2018", destacou a professora. Ela ainda ressaltou a importância do trabalho realizado pela equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para o sucesso de seu trabalho.



Fonte: Prefeitura de Patos de Minas
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib