terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Órgãos de segurança querem maior fiscalização de artistas de rua em Patos de Minas

Basta dar uma volta pela cidade para se deparar com os artistas de rua se apresentando entre uma parada e outro do semáforo. Algumas apresentações são bem elaboradas e encantam, principalmente as crianças. Mas quem são esses artistas? De onde eles vêm? A permanência deles pode causar algum tipo de problema?
Os questionamentos foram levados ao Conselho Municipal de Segurança Pública de Patos de Minas. Existe uma preocupação em torno da permanência dos artistas de rua na cidade, sem que haja pelo menos um registro da identidade de cada um. Muitos deles são de outros países e, em caso de participação em um crime, por exemplo, dificilmente seria encontrado.
Outra preocupação levantada no Conselho Municipal de Segurança Pública é com relação aos materiais que eles usam para demonstrar sua arte. Há quem entenda que o malabares com fogo, por exemplo, pode representar um risco no trânsito. “Se uma tocha de fogo atingir um carro, por exemplo, pode até causar um incêndio”.
Além disso, há registro do envolvimento de artistas de rua com uso de drogas, inclusive com prisões. Diante disso, o Conselho Municipal de Segurança Pública vai solicitar uma fiscalização maior em torno dos artistas que chegam à cidade para se apresentarem nos faróis.
A Polícia Militar já vem fazendo um trabalho de fiscalização, principalmente com os moradores de rua. Através da “Operação Choque de Ordem” eles são encaminhados de volta para casa ou para clínicas de internação nos casos mais extremos. Esse trabalho pode ser estendido também aos artistas de rua.
Fonte: Patos Hoje
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib