terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Número de transplantes de órgãos cai 30% e fila de espera aumenta em Minas na pandemia

O impacto do número de leitos com o aumento das internações não foi o único verificado nessa pandemia do novo coronavírus. A quantidade de transplante de órgãos também caiu em 2020. A queda afeta principalmente os processos considerados não emergenciais. Em Minas Gerais, por causa da avaliação minuciosa dos doadores em função da pandemia, a queda nos transplantes de órgãos foi de 30%. Os transplantes de córnea e rim com doador vivo foram os mais impactados, caindo pela metade. A fila de espera tem aumentado. 

Segundo o chefe do grupo de transplante hepático do Hospital das Clínicas, o doutor Leandro Navarro, neste ano, seriam realizados mais de 40 transplantes, o que não foi possível devido à redução drástica das doações.

De acordo com ele, os óbitos que estavam em lista de espera e que eram raros, agora, são rotina. “De Março até outubro, fizemos somente 16 transplantes. O número é muito inferior ao necessário para contemplar os pacientes em lista de espera. Como consequência, estamos vendo um aumento de até 20% no número de óbitos de pacientes, que estavam esperando por doações. Estamos também vendo uma piora importante na condição clínica dos receptores que chegam no dia do transplante. Então, receptores estão chegando com uma condição clínica muito pior do que deveriam”, explica.

O especialista lembra ainda que muitas pessoas dependem do transplante de órgão. “A gente vem lembrar que, mesmo em período de pandemia, nós temos pacientes que necessitam de órgãos para continuarem vivos. Mesmo em período de pandemia, as pessoas ou as famílias podem doar os órgãos dos parentes. É feita toda uma triagem. É feito um rastreamento da infecção pelo coronavírus em todos os doadores e receptores para que essa doença (covid-19) não seja transmitida”, esclarece.

O doutor  Leandro Navarro ainda lembra que a doação é uma demonstração de cidadania. “É importante lembrar que essa doação é um ato de amor que vai beneficiar vários pacientes que estão em uma lista de espera, angustiados esperando uma possibilidade de vida”, garante. 

Fonte: Itatiaia

Fonte da matéria: Clube Notícias

Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib