quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Covid-19: entenda como podem funcionar clubes sociais e esportivos na onda amarela

Clubes sociais Apesar de procedimento sanitário que regula atividades esportivas, jogos coletivos em que não há possibilidade de distanciamento mínimo seguem proibidos 
Atividades esportivas receberam protocolos para funcionamento na onda amarela do Plano Minas Consciente, o que inclui clubes sociais e esportivos. No entanto a reabertura desses estabelecimentos está condicionada a medidas sanitárias específicas, as quais devem ser cuidadosamente observadas pelos responsáveis e usuários das dependências de modo a não facilitar a proliferação da Covid-19. Dessa forma, jogos e recreativos que envolvem ação coletiva* sem possibilidade de distanciamento mínimo ficam proibidos por enquanto. 
Algumas alternativas para modalidades em grupo, como vôlei e basquete, são investir em atividades individuais, circuitos de treinamento e trabalhos técnicos com os atletas, sempre buscando o não contato físico entre eles. A redução do número de alunos por turma, por exemplo, é também uma medida que facilita esse cuidado, podendo ser um caminho para escolinhas de futebol e aulas de natação voltarem a acontecer. 
O protocolo criado pelo programa traz outras orientações para facilitar o cumprimento do distanciamento mínimo, como: não utilizar guarda-volumes nem outros locais onde pode ocorrer estímulo à aglomeração de pessoastodos os fluxos dentro do ambiente de treinamento devem ser unidirecionais, reduzindo a ocupação em espaços fechados; não permitir o uso de áreas de convivênciaacessórios necessários para o treino devem ser deixados em local de acesso sem aglomeração e higienizados entre cada utilização
É importante que clubes e frequentadores também observem outros impedimentos previstos para o funcionamento enquanto perdurar a pandemia:
  • pessoas dos grupos de risco não podem fazer parte das atividades;
  • não utilizar salas de vapor ou sauna e isolar locais sem circulação de ar;
  • os estabelecimentos devem abster-se de usar cancelas ou catracas que obriguem o uso das mãos para permissão de entrada. Em caso de impossibilidade de desativação das existentes, a entrada do usuário deverá ser liberada por funcionário;
  • todos os atletas, praticantes e demais presentes nos locais de atividades devem usar máscara, retirando-a apenas quando estiver efetivamente treinando. Trocá-la toda vez que estiver úmida, acondicionando a peça usada em embalagem própria;
  • priorizar o uso de equipamentos próprios individuais. No caso de equipamentos coletivos, é necessária a desinfecção antes e após a utilização;
  • reforçar a limpeza dos equipamentos e locais de treinamento e circulação de pessoas, principalmente os de uso comum, como colchonetes, barras, colchões, tatames e outros. A desinfecção do local com produtos apropriados deve ser realizada a cada sessão.
Academias situadas no interior de clubes estão autorizadas a funcionar desde sigam as diretrizes determinadas pelo Minas Consciente.
-Protocolo completo para atividades esportivas pode ser consultado aqui (item 7). 
*O protocolo sanitário do Minas Consciente traz regras específicas para treinamento e competição de esporte profissional. 

Fonte da matéria : Prefeitura de Patos de Minas
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib