terça-feira, 12 de maio de 2020

Programa de Combate à Dengue e Corpo de Bombeiros se unem para limpeza de calhas


Apesar de os casos de dengue este ano estarem menor em relação a 2019, Patos de Minas já soma mais de 260 confirmações da doença


O Programa Municipal de Combate à Dengue (PMCD) segue vigilante para impedir que Patos de Minas repita a epidemia da doença enfrentada no ano passado. Uma das ações mais recentes nesse sentido foi a vistoria e limpeza de calhas em quadras poliesportivas, escolas e outros locais da cidade. A ação ocorreu no último dia 8 e contou com a parceria do Corpo de Bombeiros Militar.

"Listamos os imóveis com calhas de difícil acesso que poderiam estar acumulando água da chuva e enviamos ao Corpo de Bombeiros, que disponibilizou mão de obra e escada para realização das vistorias. Os agentes acompanharam os bombeiros até os locais, mas somente os bombeiros subiram, usando os devidos equipamentos de segurança", explicou a coordenadora do PMCD, Daniele Cristine Nunes. "Essa parceria é muito importante pois, sem a colaboração do Corpo de Bombeiros, seria impossível realizar esse trabalho", acrescentou.

Ao passo que o poder público está atento às calhas de imóveis sob responsabilidade dele, o cidadão deve fazer a limpeza das calhas na própria residência. E esse não é o único cuidado a ser tomado para impedir a reprodução do mosquito vetor da dengue: qualquer recipiente que acumule água se torna um possível criadouro para o Aedes aegypti, por isso é essencial que todo material inservível tenha a destinação adequada.

Apesar do esforço do PMCD com os mutirões de limpeza, é comum encontrar terrenos vagos transformados em lixeira para os mais diversos itens cumulativos de água: pneus, latas de tinta vazias, sacolas e garrafas de plástico e de vidro. Há muitos potenciais criadouros do mosquito também no interior das residências, que continuam recebendo a visita dos agentes de combate a endemias. Mas vale lembrar que cada morador é o responsável por cuidar do próprio quintal.

A mudança desses comportamentos por parte da população é o ponto chave para enfrentar o Aedes aegypti. Embora os casos de dengue este ano estejam menores em comparação a 2019, Patos de Minas já soma mais de 260 confirmações da doença e mais de 800 notificações.
Fonte da matéria: Prefeitura de Patos de Minas
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib