segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Projeto Olho Vivo Cidadão: nova ferramenta para a segurança pública em Patos de Minas

O sistema poderá ajudar a coibir crimes e também auxiliará na identificação de infratores


Na próxima sexta-feira (30), o Conselho de Segurança Pública de Patos de Minas (Consep) e a Polícia Militar (PMMG) apresentarão o projeto "Olho Vivo Cidadão" para empresas que atuam no ramo de segurança privada. A reunião acontecerá na sede da ACIPATOS, Rua Olegário Maciel, 63 – 201 – Centro, às 14h30min.

O projeto, que está em fase final, tem a finalidade de ampliar o serviço de videomonitoramento por meio da conexão das câmeras residenciais e comerciais a uma plataforma on-line. Assim, as câmeras instaladas em propriedades particulares poderão ser conectadas a um sistema central, permitindo o monitoramento em tempo real. 

O "Olho Vivo Cidadão" é um projeto que ajudará bastante no serviço de segurança pública, tanto para coibir crimes como para identificar infratores. Isso se deve ao fato de que as imagens captadas pelas câmeras particulares serão transmitidas para um servidor na nuvem, onde ficarão gravadas. Portanto, caso os sistemas de monitoramento dos cidadãos sejam furtados ou danificados por criminosos, não há risco de que as gravações se percam.

As centrais de monitoramento e inteligência da Polícia Militar receberão as imagens que poderão ser consultadas para auxiliar a elucidar algum crime. Além disso, o proprietário terá condições de acompanhar os vídeos de qualquer lugar pela internet. É importante destacar também que o projeto prevê a garantia da privacidade dos cidadãos, uma vez que os policiais terão acesso apenas às câmeras externas e as imagens poderão ser acessadas somente pelos proprietários, pela Polícia Militar e pela empresa de segurança. A plataforma possui, ainda, autenticação com usuário e senha. 

As empresas particulares que aderirem ao projeto serão responsáveis pela instalação dos equipamentos. Pessoas interessadas em participar do "Olho Vivo Cidadão" devem preencher um cadastro no site e aguardar o contato de um representante das empresas que avaliará o equipamento que o cliente possui, apresentando orçamento para instalação do sistema. Os custos do equipamento serão arcados pelo proprietário, bem como a mensalidade, cujo valor máximo será de R$ 59,00. Nessa mensalidade estão incluídos os custos da plataforma on-line.

Fonte: Prefeitura de Patos de Minas
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib