quinta-feira, 7 de junho de 2018

Prefeito José Eustáquio vai a Brasília pedir recursos e desce rampa com Presidente Temer

O Prefeito Municipal de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves, está em Brasília em busca de recursos para a Capital do Milho. O Chefe do Executivo tenta garantir nesta quarta-feira (06), a duplicação da Avenida Marabá e a construção de novas moradias populares. Um vídeo gravado durante o Lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019 mostra José Eustáquio descendo a rampa do planalto ao lado do Chefe do Executivo Federal.
As imagens mostram José Eustáquio descendo a rampa junto com o Presidente, o que é sinal de honra. Com outras autoridades, os dois se dirigem para a sala de audiência do Planalto onde foi lançado o PAP 2018/2019. José Eustáquio informou que, antes, havia sido recebido em audiência pelo Presidente Michel Temer sem prévio agendamento. A reunião seria para a liberação de recursos para a duplicação da Avenida Marabá e construção de mais moradias populares. Ainda, não se sabe se o pleito foi atendido.
As demandas haviam sido feitas durante a visita do Presidente Michel Temer a Patos de Minas no dia 18 de maio. Representantes da Universidade Federal de Uberlândia na cidade também teriam solicitado recursos para construção do campus da instituição na região dos 30 Paus. Como o Prefeito continua em viagem, não foi possível saber se as demandas foram atendidas. José Esutáquio deverá falar sobre a reunião após chegar a Patos de Minas.
Plano Agrícola 2018/2019 terá mais de R$194 bilhões
Em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer anunciou nesta quarta-feira (06) o Plano Agrícola Pecuário (PAP) 2018/2019 que define mais R$ 194 bilhões de crédito, juros reduzidos e amplia o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) para R$ 2 milhões, o limite anterior era R$ 1,76 milhão.
Para o Plano Agrícola Pecuário, serão reservados R$ 194,37 bilhões de crédito rural. As taxas de juros caíram 1,5 ponto percentual. Os produtores rurais poderão acessar os recursos a partir de 1° de julho.
Do total de recursos liberados, R$ 151,1 bilhões serão para crédito de custeio, dos quais R$ 118,8 bilhões com juros controlados a taxas fixadas pelo governo e R$ 32,3 bilhões com juros livres, ou seja, negociados entre a instituição financeira e o produtor. O crédito para investimento ficou em R$ 40 bilhões.
Além do crédito para custeio e para investimentos de R$ 191 bilhões, serão destinados R$ 2,6 bilhões para o apoio à comercialização e R$ 600 milhões para subvenção ao seguro rural.
Houve redução das taxas de juros de custeio para 6% ao ano destinada a médios produtores – aqueles com renda bruta anual de até R$ 2 milhões – e para 7% ao ano para os demais.
As taxas para os financiamentos de investimento ficaram entre 5,25% e 7,5% ao ano. Parte dos recursos captados em letras de crédito do agronegócio será destinada ao financiamento complementar de custeio e de comercialização com juros de até 8,5% ao ano.
Uma das novidades do plano é a integração da psicultura nos financiamentos de custeio com juros de 7% ao ano.
Participam da cerimônia os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Blairo Maggi (Agricultura) e Eduardo Guardia (Fazenda), além de João Martins, presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), empresários e políticos.
Fonte: Patos Hoje
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib