segunda-feira, 18 de junho de 2018

Agentes da PRF recebem treinamento para preenchimento do Reds

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Minas estão sendo treinados para preenchimento do Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), nome dado ao antigo Boletim de Ocorrências. Com a mudança, a Polícia Civil ficará liberada do registro das principais naturezas criminais já reunidas pela PRF em seu próprio sistema, enquanto o Governo do Estado passa a ter acesso rápido a um banco de dados mais completo.

Ao todo, 70 agentes da PRF vão participar do treinamento prático para operação do Reds. O curso é coordenado pela Escola Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e ministrado por instrutores da Polícia Militar e da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).

Nesta sexta-feira (15/6), ocorre a capacitação da segunda turma. A primeira foi capacitada nessa quinta-feira (14/6).
Para o Estado, a capacitação e posterior inclusão da PRF como um dos atores habilitados no preenchimento do Reds vai possibilitar mais praticidade e agilidade no registro de ocorrências e na extração de dados estatísticos. A PRF, por sua vez, terá seu trabalho otimizado ao ter acesso direto às consultas feitas pelo sistema do Reds. Essa integração possibilitará, por exemplo, que o policial rodoviário federal consulte de forma imediata o histórico criminal de indivíduos abordados durante suas operações.
“É muito importante este processo de integração entre as forças de segurança, incluindo o Estado e a União, inclusive para melhorar os processos de atendimento ao cidadão”, avalia o subsecretário de Integração de Segurança Pública, Danilo Emanuel Salas.

Chefe da Seção de Operações da PRF, Márcio Camargos conta que o órgão selecionou, para o treinamento, os policiais que trabalham diretamente no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC) da Sesp, em grupos táticos e nas inteligências. Ele explica que o treinamento é apenas uma das etapas do processo de integração da PRF com o Governo do Estado.

“Além da integração do serviço operacional, que já fazemos com as blitze conjuntas, por exemplo, estamos agora trabalhando na integração dos sistemas”, detalha Camargos. “O objetivo final é integrar o sistema totalmente, para que, quando uma ocorrência for lançada, haja a migração automática para o sistema do Estado”, observa.

Um dos instrutores do treinamento, Márcio José da Silva, diretor de Sistemas de Informação da Seap, ressalta que a inserção da PRF no Sistema Integrado de Defesa Social vai ao encontro da nova lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Entre outras medidas, o Susp prevê a unificação dos bancos de dados das forças de segurança. “Para a população, esse processo vai significar mais efetividade, sem fragmentação ou perda de dados”, destaca.
Fonte: Patos Já
Compartilhe:

Vereador Lásaro Borges

Autor & Editor

Lásaro Borges é vereador em Patos de Minas - MG, atuante no meio político a mais de 15 anos, ele sempre trabalhou em prol da população, já foi líder comunitário, presidente de bairro, como cidadão lutou por diversas causas sociais e atualmente exerce o papel de representante do legislativo patense, para saber mais sobre Lásaro Borges, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

2016 Portal Lásaro Borges - desenvolvido com tecnologia Blogger Templates By Templateism | Templatelib